Poder e Cotidiano em Sergipe
Saiba quais são as áreas consideradas de risco de febre amarela pela Organização Mundial de Saúde 18 de Janeiro 20H:20
SERVIÇO

Saiba quais são as áreas consideradas de risco de febre amarela pela Organização Mundial de Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) ampliou a área considerada de risco de contágio da febre amarela, incluindo todo o Estado de São Paulo na lista.

Desde dezembro de 2016, o Brasil tem apresentado um aumento na atividade do vírus. Para se ter ideia da gravidade do problema, no primeiro semestre do ano passado foram confirmados 777 casos em 21 Estados e no Distrito Federal.

Já no segundo, foram 35 em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Distrito Federal - e 145 ainda estão em investigação. O Brasil já contabiliza mais de 40 mortes provocadas pelas complicações da doença.

Além de São Paulo, a OMS passou a considerar como áreas de risco de contaminação de febre amarela a porção norte do Rio de Janeiro, o sul da Bahia e todo o Espírito Santo.

Já estavam nessa lista todos os Estados do Norte e do Centro-Oeste, além de Maranhão, Minas Gerais, e parte dos Estados da região Sul, São Paulo, Bahia e Piauí.

*Com informações do Ministério da Saúde

Foto: Divulgação/MS 

 

 

 

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba do nosso blog muitas novidades.