Poder e Cotidiano em Sergipe
Câmara vai debater valor da tarifa no Transporte Coletivo 21 de Novembro 11H:19
PODER | Por Max Augusto

Câmara vai debater valor da tarifa no Transporte Coletivo

A Câmara Municipal de Aracaju aprovou o Requerimento nº 294/2018, de autoria do vereador Iran Barbosa, do PT, para que seja realizada Audiência Pública, no plenário da Casa, no próximo dia 29/11, às 15 horas, para debater a proposta de majoração da tarifa do transporte coletivo da Capital e da Região Metropolitana, encaminhada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

O Sindicato solicitou aumento da tarifa dos atuais R$ 3,50 para R$ 4,44.

“Mesmo que o reajuste não seja concedido no valor que os empresários do transporte estão pleiteando, que eu considero uma solicitação abusiva, os usuários, em especial a parcela mais pobre que depende exclusivamente do transporte coletivo para ir e vir, não podem ser penalizados com qualquer tipo de reajuste neste momento crítico. É importante lembrar que os trabalhadores, que são parte significativa dos usuários do transporte coletivo, vêm sendo duramente castigados com a inflação e com as medidas impopulares do governo federal, que vêm produzindo a corrosão dos seus salários, queda no seu poder de compra e também desemprego. Precisamos discutir com a sociedade a inoportunidade desse reajuste”, explicou Iran Barbosa.

Para debater o assunto, o parlamentar convidou o superintendente da SMTT; João Alberto Almeida, presidente do Setransp; Luís Moura, economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico (Dieese) em Sergipe; Waldson Costa, militante da ONG Associação Ciclo Urbano; e Demétrio Varjão, militante do “Movimento Não Pago”.

“Infelizmente, nós não podemos mais interferir diretamente na definição final do valor da tarifa das passagens dos coletivos, já que, em 2017, a maioria dos vereadores retirou do Poder Legislativo a prerrogativa de discutir e poder alterar o valor da majoração. Votei contrário à proposta por entender que esse é um tema que mexe diretamente com a vida de milhares de aracajuanos e que, portanto, não pode ficar restrito a uma decisão fechada apenas entre a Administração Municipal e os empresários do transporte. Ainda assim, não abriremos mão de fazer esse debate aqui na Casa e, por isso, propus essa Audiência Pública”, afirmou Iran.

 

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS
Whatsapp

Receba notícias no seu Whatsapp.

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.