Poder e Cotidiano em Sergipe
1.123 homicídios foram registrados no ano passado em Sergipe 5 de Janeiro 15H:52
COTIDIANO

1.123 homicídios foram registrados no ano passado em Sergipe

Número representa diminuição de 14%, em relação a 2016

Após recentes pesquisas colocando Sergipe e a Capital no centro da insegurança, enfim, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) parece ter motivos para comemorar. Sergipe fechou o ano com 14% menos homicídios dolosos.

A estabilização dos índices a partir de 2016 e o início da curva descendente no ano passado possibilitaram que 481 vidas fossem salvas. Os dados são da Coordenadoria de Estatística de Análise Criminal (Ceacrim), que mensalmente realiza o levantamento.

No ano passado foram registrados 1.123 homicídios dolosos em todo o estado, número inferior ao de 2016, quando ocorreram 1.306; e ao de 2015, quando houve o registro de 1.196.

O trabalho ostensivo e preventivo das forças policiais aumentou a percepção de segurança em Sergipe, fazendo com que 32 cidades apresentassem redução nos casos de homicídios dolosos em 2017.

Além disso, em outros sete municípios foi barrada a tendência de crescimento apresentada em anos anteriores. Com estes números, a taxa de homicídio, que era de 57,64 para cada 100 mil habitantes, cai para 49,08, o que deixa Sergipe atrás de outros estados do país.

Dentre as cidades que registraram queda nos índices de homicídios estão: Aracaju, com 88 casos a menos do que o ano anterior; Tobias Barreto, com 18; Laranjeiras, 15; Canindé do São Francisco e Itabaiana com 13; Lagarto, 12, e São Cristóvão, 11.

Na região metropolitana houve uma queda de 12%. No ano passado foram 314 casos, contra 357 em 2016. Já no interior o número caiu de 534 em 2016 para 480 em 2017, uma redução de 10,1%.

A delegada geral da Polícia Civil, Katarina Feitoza, avalia a redução da criminalidade no Estado como positiva, mas acredita que o trabalho das policias em 2018 diminuirá ainda mais esses números.

“Nós avaliamos de forma positiva porque sabemos que já encontramos o caminho da redução, então é muito gratificante quando a gente percebe que o nosso trabalho rendeu frutos, mas ainda não estamos satisfeitos com esses números, sabemos que podemos melhor ainda mais”.

*Com informações da SSP/SE

Foto: Ascom/SSP

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba do nosso blog muitas novidades.