Poder e Cotidiano em Sergipe
Governo deve garantir diagnóstico e tratamento da síndrome da depressão na rede pública de saúde 14 de Novembro 9H:33
PODER

Governo deve garantir diagnóstico e tratamento da síndrome da depressão na rede pública de saúde

A Assembleia Legislativa aprovou ontem (13), Projeto de Lei 126/2019, de autoria da deputada Maria Mendonça (PSDB) que versa sobre a implementação de política pública destinada ao diagnóstico e tratamento da síndrome da depressão, na rede pública de saúde de Sergipe.

“Importante essa aprovação para que sejam garantidas ações de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento da doença, considerada o mal do século pela Organização Mundial da Saúde e que tem levado pessoas das várias classes sociais a óbito”, afirmou a deputada.

A deputada ressaltou ser comum observar pessoas próximas constantemente tristes, mas por uma razão ou outra não se dá a devida importância acreditando ser apenas uma simples tristeza, provocada por um motivo ou outro que logo vai passar.

“O nosso Projeto vem exatamente na perspectiva de sugerir a identificação, cadastramento e acompanhamento de pacientes da rede pública diagnosticados com depressão, estabelecendo ações junto às unidades de saúde de modo a conscientizá-los para a gravidade do problema, bem como sobre o tratamento ao qual deve ser submetido”, afirmou a deputada.

Na proposta, que segue para sanção governamental, a autora sugere que o Estado formalize convênios com a iniciativa privada para que essa política pública seja efetivada a contento.

“A execução e coordenação dessas ações podem ser de responsabilidade da Secretaria de Estado da Educação, Esporte e Cultura, dada a necessidade de se implementar medidas que visem a melhora da autoestima e do bem-estar físico do paciente”, explicou a deputada.

 

Ascom Parlamnetar

 

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS
Whatsapp

Receba notícias no seu Whatsapp.

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.