Poder e Cotidiano em Sergipe
Covid-19: Em Sergipe, mortalidade entre homens e negros é maior 30 de Junho 13H:05
COTIDIANO | Por Max Augusto

Covid-19: Em Sergipe, mortalidade entre homens e negros é maior

De acordo com o boletim divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), 19,6% dos casos confirmados da Covid-19 em Sergipe são de pessoas que se declararam pretas e pardas. Apesar disso, este grupo representa quase 38,9% do total de óbitos.

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 79,7% da população sergipana é composta por pretos ou pardos, enquanto 19,4% se declararam brancos.

Vale ressaltar que 63,3% dos casos confirmados não tiveram a raça identificada no boletim.

Homens e mulheres
Os dados do boletim apontam ainda uma taxa de mortalidade maior entre os homens, em comparação com as mulheres.

Pessoas do sexo masculino representam 48,9% da população de Sergipe, mas são 55% das vítimas do coronavírus no estado.

Já as mulheres são 51% da população sergipana, mas 44,9% dos óbitos atribuídos à covid-19.

Vale destacar ainda que o índice de contaminação das mulheres é também ligeiramente maior. Entre os que tiveram exames positivados, 55,1% são mulheres e 44,9% de homens.

Idade
Outro dado que chama atenção é que 80,8% dos mortos pela doença possuíam mais de 50 anos.

Confira nas tabelas abaixo o perfil dos pacientes e óbitos por covid-19 em Sergipe

 

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS
Whatsapp

Receba notícias no seu Whatsapp.

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.