Poder e Cotidiano em Sergipe
Aracaju pode ter orçamento de R$ 2,5 bilhões para 2022 31 de Maio 18H:26
PODER

Aracaju pode ter orçamento de R$ 2,5 bilhões para 2022

Prefeito Edvaldo entregou projeto da LDO para 2022 ao presidente da Câmara

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou, na manhã desta segunda-feira, 31, ao presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Nitinho Vitale, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do município para o ano de 2022. Instrumento que traça as prioridades, diretrizes e metas da administração para o próximo ano, o projeto da LDO, em sua elaboração, contou com a participação popular, através de consulta e audiência públicas. A previsão orçamentária para 2022 é de R$ 2.571.753.000.

"A LDO representa uma peça de fundamental importância dentro do sistema orçamentário brasileiro, tendo esse instrumento obtido maior força e representatividade com o advento da Lei de Responsabilidade Fiscal, exigindo dos gestores públicos atuação estratégica diante dos obstáculos cada vez mais presentes, em especial a contínua escassez de recursos para os investimentos necessários à população, situação acentuada com a crise sanitária gerada pela pandemia do coronavírus", afirmou o prefeito na mensagem enviada aos vereadores.

Edvaldo ressalta que as metas fiscais definidas no PLDO para 2022 foram projetadas levando em consideração a conjuntura econômica atual do país, "ainda marcada pelas incertezas trazidas pela pandemia para 2022", apesar das projeções otimistas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,14% em 2021 e 2,34% em 2022". O gestor municipal lembra que há "aumento persistente da desigualdade social, fome, desemprego e a queda da renda e índices de inflação já preocupantes".

Na mensagem, Edvaldo destaca ainda os grandes investimentos já iniciados em sua gestão, como a Parceria Público Privada (PPP) da Iluminação Pública, a construção das 1.102 casas nas região das Mangabeiras, a continuidade das obras de mobilidade urbana e a execução dos projetos de infraestrutura com recursos do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).

O projeto da LDO trata das diretrizes que devem ser seguidas pela Prefeitura de Aracaju na elaboração da Lei Orçamentária para o próximo ano. Pelo PL, a lei orçamentária deverá se guiar pelos seguintes eixos orientadores: proteger a vida e promover o desenvolvimento humano e social, promover o desenvolvimento econômico e urbano sustentáveis e garantir uma gestão inovadora e de excelência.

A partir destes eixos, conforme consta no PLDO, a lei deverá seguir um conjunto de objetivos estratégicos. Entre eles, qualificar o acesso da população aos serviços de saúde, ampliar o acesso à educação infantil, reduzir o déficit habitacional, avançar na proteção animal, contribuir para a segurança da cidade, fomentar o desenvolvimento, o trabalho e a renda, melhorar a infraestrutura da cidade, diversificar o transporte público, entre outros.

Os vereadores Antônio Bittencourt (líder da bancada de situação) e Fábio Meireles (vice-líder), o secretário municipal de Governo, Evandro Galdino, e o superintendente de Assuntos Institucionais da Câmara de Aracaju, Jorge Araújo Filho, participaram da reunião na qual o prefeito realizou a entrega formal do PLDO ao presidente do parlamento municipal.

 

Da Agência Aracaju de Notícias

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

Imagem de Segurança
* CAMPOS OBRIGATÓRIOS
Whatsapp

Receba notícias no seu Whatsapp.

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.