Poder e Cotidiano em Sergipe
6 de Dezembro 10H:04
PODER | Por Max Augusto

Orçamento do governo para o próximo ano crescerá quase R$ 680 milhões

Déficit da previdência e gastos com folha de pessoal irão crescer e absorver maior parte destes recursos

O orçamento para o Governo do Estado no próximo deverá ter um aumento de R$ 680 milhões. Esse é o valor que está previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) que já está na Assembleia Legislativa de Sergipe e deverá ser votado até o fim do ano.

Infelizmente isso não chega a ser uma boa notícia, porque boa parte deste acréscimo deverá ser utilizado na folha de pagamento de pessoal e para os aposentados. Ou seja, o governo continuará fazendo aportes (ainda maiores) para cobrir o déficit da previdência estadual.

A Lei Orçamentária Anual 2017 previu uma receita total de R$ 8.733.884.317,00 (pouco mais de R$ 8,7 bilhões). Já o Projeto de Lei Orçamentária para 2018 prevê R$ um orçamento de 9.412.320.000,00 (cerca de R$ 9,4 bilhões) de receita total. Isso representa o acréscimo de R$ 680 milhões que já citamos.

Despesas com pessoal
Em 2017, os gastos do Grupo de Despesas “Pessoal e Encargos Sociais”, estavam previstos em R$ 5.123.522.048,00 (mais de R$ 5,1 bilhão). Já o PLOA 2018 prevê R$ uma despesa de R$ 5.828.942.120,00 (pouco mais de R$ 5,8 bilhões).

Saúde e Educação
Em 2017 foram aplicados na Saúde cerca de R$ 1.048.852.420,00 (pouco mais de um bilhão) e na Educação, R$1.056.956.425,00 (também pouco mais de um bilhão). Já para o próximo ano a previsão é de que sejam destinados à Saúde R$ 1.062.800.000,00 e para a Educação R$ 1.226.191.859,00 – um crescimento muito pequeno.

Déficit da previdência
O ponto central nas despesas do governo do estado continuará sendo os gastos com a previdência estadual. O déficit este ano deve ficar em torno de R$ 1 bilhão, mas a previsão é de que ele chegue a R$ 1,2 bilhão em 2018.

Em 2017 esses valores foram aplicados para garantir o pagamento dos cerca de 32 mil aposentados e pensionistas – mas a previsão é de que em 2018 esse número chegue a 36 mil pessoas.

Servidores e comissionados
O governo do estado possui hoje 35.600 servidores da ativa e mais 5.621 das fundações. São 41.221 servidores da ativa, englobando efetivos e comissionados.

Hoje existem cerca de 2.200 cargos comissionados, que representam 5,5% do total de servidores estaduais.

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

* CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba do nosso blog muitas novidades.