Poder e Cotidiano em Sergipe
13 de Junho 18H:09

Após denúncia de Kitty Lima, onze pessoas são autuadas por maus tratos a animais em Gararu

A vereadora Kitty Lima (REDE) usou o grande expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta terça-feira, 13, para alertar a população sobre maus-tratos contra animais no interior do Estado, mais precisamente no município de Gararu, onde bois estão sendo mutilados para prática de lazer de alguns vaqueiros.

 


O fato foi denunciado ao Ministério Público Estadual (MPE) e culminou em uma ação conjunta com a Polícia Civil e o Pelotão Ambiental na última sexta-feira, 09, durante uma corrida de bois em uma fazenda de propriedade de um vereador do município de Gararu.

 


O flagrante só foi possível graças a contribuição da vereadora Kitty Lima que comunicou a promotora de Justiça Rosane Guimarães, o dia e local para a operação, após tomar conhecimento do fato.

 


“Infelizmente tem muita gente achando que animal é brinquedo para ser usado em festinha. Em áudios em poder do MPE é possível perceber que os envolvidos nesses crimes de maus-tratos falam em ‘torar’ o rabo dos bois, isto é, cortar o rabo do animal com facão para dificultar a derrubada do boi durante as festas de vaquejada”, relatou Kitty.


De acordo com a parlamentar, ao chegarem ao local, policiais e os promotores de Justiça constataram que os animais foram mutilados para serem utilizados em vaquejadas.


“Que eu sou contra a vaquejada, todo mundo já sabe e isso não é novidade para ninguém. Mutilar um animal de forma cruel, arrancando o rabo a golpes de facão, não tem como uma pessoa que faz uma atrocidade dessa dizer que não sabia que isso é maus-tratos. Elas sabem sim, mas se garantem na impunidade, e eu garanto a essas pessoas que elas serão penalizadas”, afirmou Kitty.


Durante a operação, 15 animais foram apreendidos e seu donos foram autuados, 11 celulares com áudios trocados entre os participantes dos crimes de maus-tratos também foram apreendidos e a fazenda onde ocorriam as ‘festas’ com os animais foi lacrada.


Eu lamento muito o fato do dono da fazenda ser um vereador daquele município porque ele dá um péssimo exemplo para a população e mancha a reputação de toda a cidade. Esses criminosos não ficarão impunes, vou acompanhar esse caso de perto como protetora dos animais para assegurar à população de Gararu que todos os envolvidos serão devidamente punidos como manda a lei”, garantiu a vereadora, que mandou um recado para quem comete esse tipo de crime em qualquer região do Estado.


“Muitas pessoas acreditam estar agindo de forma sorrateira e que seus atos não serão descobertos, mas eu garanto que vai sim. E que esse caso sirva de exemplo para quem pratica crimes desta natureza em outros municípios. Nós chegaremos até vocês também”, alertou a parlamentar e defensora da causa animal.

 

Assessoria

Foto: César Oliveira

Comentários

  • Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Deixe seu comentário

* CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba do nosso blog muitas novidades.