18/04
17:24

Os próximos passos do processo de impeachment de Dilma Rousseff

Marcones Santos*



O processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff avançou no último dia 17 de abril, mas ainda terá um longo caminho até a sua decisão final.  Por 367 votos favoráveis e 137 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou a autorização para ter prosseguimento no Senado Federal.



Os senadores podem, agora, manter a decisão dos deputados e instaurar o processo ou arquivar as investigações, sem analisar o mérito das denúncias.

 

Sem entrar ao caso específico atual, vamos discorrer sobre algumas particularidades do rito desta seara processual.

Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
17/04
10:32

Teremos novidades na eleição de Aracaju?

MAX AUGUSTO
Jornalista, Editor de Política do JORNAL DA CIDADE e do BLOG DO MAX

 

Na semana passada fiz nesta coluna uma breve análise sobre os principais candidatos que devem disputar o comando da Prefeitura Municipal de Aracaju: João Alves Filho (DEM), Valadares Filho (PSB), Edvaldo Nogueira (PC do B) e Zezinho Sobral (PMDB). No texto, mostrei como estão as conversas, os bastidores e as articulações de cada um.



Mas, nas redes sociais, o artigo causou um pequeno rebuliço: algumas pessoas acharam que a análise poderia ter incluído outros nomes, além destes chancelados pelos caciques dos maiores partidos. Uma turma em especial, insistia no nome do vereador Dr. Emerson, que já se apresentou como pré-candidato pela Rede, da ex-senadora Marina Silva.


Teria eu subestimado o potencial de votos do vereador Dr. Emerson ou os comentários foram sabiamentearticulados por simpatizantes? Essa é uma outra história. Mas teria Emerson possibilidade real de tornar-se uma surpresa, na eleição municipal de Aracaju? Aliás, podemos refinar ainda mais este questionamento: há espaço para alguma novidade na eleição para o prefeito da capital sergipana?

Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
11/04
06:25

Como está a corrida eleitoral em Aracaju

Por MAX AUGUSTO*
*Jornalista, Editor de Política do JORNAL DA CIDADE e do BLOG DO MAX

 

Faltam exatamente seis meses para a eleição municipal, mas em Aracaju muita coisa ainda está indefinida. As composições estão em aberto e o momento é de afunilamento, mas também de muitos boatos. Vamos aos candidatos.



O prefeito João Alves Filho (DEM) é candidato natural à reeleição. E candidato forte, mesmo com todo o desgaste que impõe uma administração em tempos de crise. Político experiente, João larga já com uma boa parcela do eleitorado, contando com a máquina da Prefeitura – que se for bem gerida, acaba sendo uma inegável e natural aliada eleitoral.

 

João tem tido dificuldades para aglutinar partidos e fortalecer uma possível reeleição. Mas como gosta de deixar os anúncios políticos para a última hora, pode surpreender aos 45 do segundo tempo. Circulam informações de que a família do prefeito pediu que ele não participasse do processo eleitoral, mas esse pedido também teria sido feito há quatro anos, e João está aí do mesmo jeito.

Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
07/04
06:49

Conheça os 7 pecados que levam ao endividamento e à inadimplência

Grande parcela da população brasileira se encontra endividada ou inadimplente, ocasionando problemas que vão muito além do dinheiro, envolvendo até mesmo relações familiares e saúde. Esse crescimento, com certeza tem muito em relação à crise política e financeira que passamos, todavia, outras questões também são geradoras desse problema.



Repare que, mesmo antes desse período de dificuldades, a quantidade de endividados e inadimplentes já era alta. Enfim, existem outros fatores que geram essa situação e, para melhor entendimento, decidi detalhar os sete principais pecados que levam as pessoas a se tornarem inadimplentes:



Falta de educação financeira: sem possuir educação financeira, as pessoas não conhecem sobre a importância do dinheiro e as formas corretas de utilizá-lo, então, ficam a um passo das dívidas.

Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
04/04
05:55

Imitando os EUA: eleições primárias para o Brasil

*Por MAX AUGUSTO


A realização de eleições primárias, como acontece nos Estados Unidos, poderia ser muito bom para o Brasil. Os benefícios seriam vários: diminuição do poder que os caciques exercem em seus partidos, mais tempo para discussão de propostas e para conhecer os candidatos e maior participação da população, entre outras coisas.


Num momento em que tanto se fala de reforma política, vamos deixar claro que o Brasil rema na direção contrária dos americanos. A campanha presidencial nos Estados Unidos dura quase um ano, enquanto no Brasil, o prazo foi reduzido de 90 para apenas 45 dias. Isso só é bom para os partidos e para os políticos, que vão gastar menos, pois não precisarão sustentar mega-estruturas durante meses.


O processo de primárias estimula a participação da população
. Qualquer um pode se candidatar a um cargo majoritário, sendo submetido ao crivo dos eleitores. Isso mina o domínio de caciques, que muitas vezes definem os nomes nos subterrâneos da política. A indicação da pessoas que disputará a presidência se dá em meio a conchavos, muitas vezes durante um jantar.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
01/04
06:06

Servidor público pode ser demitido

Por Rudi Cassel*


O funcionalismo público sempre foi apontado por muitos como uma opção de trabalho segura
, já que os servidores têm direito a estabilidade no emprego, sendo demitidos, segundo o artigo 41 da Constituição Federal, apenas em casos de sentença judicial por processo administrativo ou por insuficiência de desempenho (cujas regras ainda aguardam regulamentação).


O fato recente é que está para ser votado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei Complementar (PLP) 257/2016, que propõe uma reforma fiscal que pode suspender a realização de concursos públicos, congelar salários e criar até um programa de demissão voluntária de servidores públicos.


O pacote pressupõe ainda o alongamento da dívida pública dos estados com a União. O prazo era de meados de 2027 e foi adiado por mais 20 anos.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
16/03
05:46

Vice-governador recebe visita de presidente da Assomise

Na busca por direitos igualitários na PM em Sergipe, o presidente da Associação dos Oficiais Militares de Sergipe - Assomise, Tenente Coronel Adriano Reis, esteve juntamente com outros militares no Palácio do Governo do Estado, em reunião com o vice-governador Belivaldo Chagas.

O objetivo foi apresentar algumas pautas que de extrema importância para a classe militar, mas que anteriormente não houve oportunidade para uma ampla conversa, e devido a interlocução do deputado estadual Luciano Pimentel, foi possível essa reunião.


Na semana anterior, ocorreu uma reunião no gabinete do deputado, que abraçou a causa e se comprometeu em levar essas pautas ao Governo do Estado. Outra importante interlocução, foi do secretário, Elber Batalha, que encaminhou juntamente com o parlamentar as demandas da entidade, ambos solícitos com a causa dos militares.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
02/03
07:08

Prefeitura entrega certificado a mais de 40 'flanelinhas'

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), dando início a uma série de eventos em comemoração aos 161 anos da capital, entregou ontem (1º),  41 certificados a guardadores de carros da região do Centro da capital. Eles participaram das oficinas de Atendimento com Qualidade e Marketing Pessoal.


As oficinas tiveram início no final do ano passado,
foi desenvolvida pela Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), conjuntamente com a Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec).


O objetivo das oficinas foi o de aperfeiçoar o serviço desempenhado por esses profissionais conhecidos como “flanelinhas”. Segundo o prefeito João Alves Filho, com o certificado, o guardador de carros ganha credibilidade junto à população.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
01/03
13:10

Redução da produção de cédulas e moedas pode causar inflação

Para superar as dificuldades por conta da falta de troco em cédulas e moedas, alguns comerciantes estão arredondando os preços dos produtos, o que pode acabar provocando inflação, alerta o coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Santa Marcelina (FASM), Reginaldo Gonçalves.


Ainda que pequena escala a medida pode pesar no bolso do consumidor, que irá pagar muito mais caro por um produto ou serviço”, ressalta o especialista.


O que até então era uma estratégia de marketing nas transações comerciais como vender produtos com valor quebrado, parece que agora está virando um grande dilema.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
19/02
18:37

Novo Delegado Geral da Polícia Civil será empossado nesta segunda-feira, 22

O governador Jackson Barreto empossará nesta segunda-feira, 22, o novo Delegado Geral da Polícia Civil, o delegado Alessandro Vieira, em solenidade que acontecerá na Academia de Polícia Civil (Acadepol), às 8h.


Alessandro substituirá o delegado Éverton Santos.


Alessandro Vieira é bacharel em Direito pela Universidade Tiradentes (Unit), formado em 2001, ano em que ingressou na Polícia Civil, como delegado. Vieira esteve à frente das 1ª, 4ª e 9ª delegacias metropolitanas, que abrangem Grageru, Farolândia e Santa Maria, respectivamente.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
18/02
06:38

Diminui diferença entre jovens ricos e pobres que concluem o ensino médio

Em dez anos, Brasil diminui diferença entre jovens mais ricos e mais pobres que concluem o ensino médio. Em 2005, 18,1% dos jovens de 19 anos entre os 25% mais pobres da população concluiam o ensino médio. Entre os 25% mais ricos, a porcentagem chegava a 80,4%, existindo uma diferença de 62,3 pontos percentuais entre os dois grupos.


Em 2014, último dado disponível, o cenário mudou
. Entre os mais pobres, 36,8% concluiam o ensino médio e, entre os mais ricos, 84,9%. A diferença entre os dois grupos ficou em 47,8 pontos percentuais.


Nos últimos dez anos, o Brasil avançou 15,4 pontos percentuais na taxa de conclusão do ensino médio dos jovens de até os 19 anos.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
12/02
16:37

Georgeo: “O Plenário precisa debater sobre todos os projetos que tramitam na Casa”

Após um longo recesso, a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe retorna às suas atividades na tarde da próxima segunda-feira, 15. Para o deputado estadual Georgeo Passos, PTC, esta será uma oportunidade do Parlamento reafirmar o seu compromisso com a população.

 
“O ano de 2015 não foi tão bom em termos de produção. No entanto, era o primeiro ano de legislatura. Acredito que 2016 as coisas possam ser bem diferentes. O povo sergipano espera isso de nós”, analisou o parlamentar.
 

No entanto, para que isso aconteça, Georgeo lembra que a Assembleia precisa discutir os projetos relevantes para a sociedade. “No ano passado, apresentei propostas importantes como a PEC da Ficha Limpa e PL da Impessoalidade. Ambas estão paradas, o que é de se lamentar”, criticou.
Leia Mais

ARTIGOS
Com.: 0
NewsLetter
Cadastre seu e-mail e receba novidades!




Categorias